A Não Neutralidade Axiológica do Processo de Formação Inicial de Professores de Biologia

Lucken Bueno Lucas, Marinez Meneghello Passos, Sergio de Mello Arruda

Resumo


Este artigo apresenta os resultados de uma investigação a respeito da influência de valores na formação inicial de professores. Os dados foram coletados por meio de entrevistas com estudantes e professores de um curso de ciências biológicas de uma universidade pública do Paraná, Brasil. As entrevistas foram analisadas e categorizadas por meio de um instrumento teórico-metodológico denominado Matriz (3x3). Como resultado, obtivemos um perfil axiológico dos entrevistados segundo a distribuição de suas valorações e desvalorações nessa Matriz. Com isso foi possível detectar que os estudantes reproduzem o padrão valorativo de seus professores, indicando um perfil axiológico próximo dos mesmos. Hierarquicamente, ambos os grupos apresentaram valorações positivas para o ensino, seguidas daquelas associadas ao conteúdo e, por último, para a aprendizagem. As desvalorações incidiram primeiramente sobre o ensino, seguido da aprendizagem. Nenhuma desvaloração foi encontrada em relação ao conteúdo.


Palavras-chave


Axiologia; Formação inicial de professores de biologia; Matriz (3x3).

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Lucken Bueno Lucas, Marinez Meneghello Passos, Sergio de Mello Arruda

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional