Interação com Imagens e Gesticulação em uma Aula de Biologia

Vanessa Cappelle, Helder de Figueiredo e Paula

Resumo


Esse trabalho investiga como uma professora de biologia experiente coordena a fala com outros modos de comunicação (a proxêmica, as mudanças de postura corporal, a interação com imagens, os gestos, os movimentos de cabeça e as mudanças na direção do olhar) para compartilhar com os estudantes os conceitos de reprodução sexuada e assexuada. O referencial teórico-metodológico é desenvolvido com base nos conceitos oriundos da Teoria Multimodal da Semiótica Social, nas pesquisas de Adam Kendon sobre as funções dos gestos nas interações sociais e na Filosofia da Linguagem de Bakhtin. Os resultados mostram que o uso coordenado de diversos modos de
comunicação foi essencial para o compartilhamento de significados, a reiteração dos papéis sociais assumidos pela professora e pelos estudantes em sala de aula, bem como para a construção de um discurso multimodal coerente sobre a reprodução sexuada. O esquema analítico e a minúcia requerida na transcrição das interações multimodais dão visibilidade a aspectos importantes da comunicação vivenciada pelos sujeitos da pesquisa. Sugerimos que esses resultados podem ajudar professores de ciências a tomar decisões sobre como selecionar e combinar diferentes recursos semióticos com o intuito de ampliar as oportunidades de aprendizagem dos estudantes. Implicações para a formação de professores são apontadas, com vistas a expandir o conhecimento sobre o
potencial dos recursos comunicativos disponíveis nas salas de aula.


Palavras-chave


Multimodalidade; Gestos; Educação em Ciências; Semiótica Social.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Vanessa Cappelle, Helder de Figueiredo e Paula

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional