O romance grego e latino: uma proposta de estudo panorâmico e comparativo entre obras

Priscilla Adriane Almeida

Resumo


O presente artigo explica as principais características de algumas obras da Antiguidade que são conhecidas como “romance”. Além do mais, propõe um estudo panorâmico do termo “romance”, palavra anacrônica usada para descrever essas narrativas antigas, e detalha o porquê deste termo ser usado para designar esse tipo de obra. Este trabalho visa, sobretudo, a uma abordagem introdutória dos romances: quais obras sobreviveram ao longo dos séculos e o que se pode descobrir a partir das obras que estão fragmentadas. Também faz um estudo comparativo entre os romances gregos e latinos, e explica como essas duas culturas e literaturas – grega e latina – se relacionavam.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.17851/2317-4242.9.0.182-196

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revele: Revista Virtual dos Estudantes de Letras
ISSN 2317-4242 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.