[SELEÇÃO]: RENOVAÇÃO DA COMISSÃO EDITORIAL 2018 (ENCERRADO)

Prezados(as) colegas,

Com satisfação divulgamos o resultado do processo eleitoral que definiu os novos membros da Comissão Editorial da Revista Temporalidades para o ano de 2018/19.

Ao final da votação, obtivemos o seguinte resultado:

Linha História e Culturas PolíticasLuiz Felipe Anchieta Guerra eleito com 31 votos;

Linha História Social da CulturaThayná Cavalcanti Peixoto eleita com 27 votos;

Linha Ciência e Cultura na HistóriaHélia Costa Morais e Stéfany Sidô Ventura obtiveram cada uma 22 de votos, configurando um empate.

Quanto ao caso verificado no resultado para a linha Ciência e Cultura na História, o Regimento de nossa revista determina, como critério de desempate, o fator idade. Assim, o(a) candidato(a) de maior idade fica como titular e o(a) de menor idade fica como suplente.

Desta forma, mediante fator idade adotado como critério de desempate para a linha de Ciência e Cultura na História, Hélia Costa Morais será titular e Stéfany Sidô Ventura será sua suplente.

Os mesmos se juntarão aos membros indicados pela Comissão 2017:

a) Linha Ciência e Cultura: Carmem Marques Rodrigues, doutoranda;
b) Linha Culturas Políticas: Camila Neves Figueiredo, mestranda;
c) Linha Social da Cultura: Flávia Gomes Chagas, mestranda;

Agradecemos a participação dos alunos durante o processo de eleição! Desejamos à nova Comissão sucesso nesta jornada!

Continuamos à disposição.


Cordialmente,

A Comissão Editorial da Revista Temporalidades (2017)


------------------ ATUALIZAÇÃO: ELEIÇÃO DO CONSELHO EDITORIAL - 23/03/2018 ------------------

O processo de candidaturas para a Eleição da Comissão Editorial 2018 recebeu 13 inscrições.

AS VOTAÇÕES ocorrerão entre os dias 23 de março e  03 de abril de 2018. Votos expressos fora do período e do tópico de votação NÃO serão computados.

 O resultado da eleição será divulgado até o dia 06 de abril de 2018, grupo de e-mails Pós-Graduação História UFMG, no site https://seer.ufmg.br/index.php/temporalidades/index e na página do Facebook

https://www.facebook.com/RevistaTemporalidades/?ref=bookmarksv .

 

Lembretes:

  • Apenas os alunos regularmente matriculados do Programa de Pós-Graduação em História da UFMG (Mestrado e Doutorado) poderão votar. 
  • Depois de expresso, o voto não poderá ser modificado. Votos duplicados ou expressos fora do período de votação NÃO SERÃO COMPUTADOS.
  • De acordo com o EDITAL, os alunos do programa votarão apenas UMA VEZ, e nessa única ocasião, devem emitir até 03 (três) votos, escolhendo 01 (um) nome para cada linha de pesquisa. Não há obrigação de se manifestar um voto para cada linha de pesquisa, podendo o aluno se abster do voto EM ALGUMA DAS LINHAS. Apesar disso, é vetado lançar dois votos para a mesma linha de pesquisa. O suplente será determinado por aquele candidato (de qualquer linha de pesquisa) que obtiver o maior número de votos, depois dos eleitos.

 

CANDIDATOS POR LINHA 

(Lista por ordem de envio de candidatura. No formulário constará por ordem alfabética)


História e Culturas Políticas

  1. Nome: Luiz Felipe Anchieta Guerra

Linha: História e Culturas Políticas

Nível: Mestrado

Ingresso: 2018

Motivação/Experiência: Sou um grande admirador/entusiasta dos projetos discentes do nosso departamento, fazendo parte do grupo Travessia (de pesquisa em ensino de história) e do NEME (nucleo de estudos medievais, grupo discente que busca discutir temas e ideias dos interessados em pesquisar o medievo).  

Além disso, possuo experiência com o funcionamento de periódicos, bem como com os processos de editoração e com o uso do sistema openJournal. Trabalhei como Editor Assistente na Signum - revista da ABREM, por dois anos (entre 2016 e 2017). Também trabalho, de maneira autônoma, com editoração, tendo feito as edições X e XI dos anais do Encontro Internacional dos Estudos Medievais, da ABREM, e mais recentemente os anais da Jornada de Estudos Medievais do LEME-UFMG.

Dessa forma, acho que a Temporalidades seria uma boa oportunidade de aliar o trabalho em equipe pelo qual tenho gosto e contribuir com a produção discente do programa, além de estar em contato com uma área na qual gosto de atuar e quero aprender mais sobre.

 

***

 

  1. Nome: Isabela Lemos Coelho Ribeiro.

Linha de Pesquisa: História e culturas políticas.

Mestranda.

Ano em que ingressou no programa: 2018.

Motivação e/ou breve apresentação do perfil acadêmico/profissional: Ao longo do curso de graduação em História na UFMG, tive oportunidade de conhecer as iniciativas discentes da graduação e da pós, e admiro a forma como se tornaram importantes para a formação pessoal e profissional dos alunos, especialmente pela criação de um espaço de diálogo para novos pesquisadores. Como aluna da graduação, participei como monitora no EPHIS e como integrante do Travessia. Tenho grande interesse pelo trabalho de editoração, pela oportunidade de conhecer as diversas facetas da produção e da circulação do conhecimento histórico e pela possibilidade de colaborar, de alguma maneira, para o projeto da Temporalidades. 

 

***

 

 

3.                              Nome: Milene Lopes Frade da Costa
Linha de pesquisa: História e Culturas Políticas
Mestranda
Ano de ingresso: 2018
Motivação: Oportunidade de contribuir, a partir do trabalho de editoração, para com a missão da Temporalidades, que é divulgar o conhecimento acadêmico em História, também pela possibilidade de trabalhar para garantir a perenidade e a credibilidade científica da Revista, cuidando para mantê-la como importante instrumento de afirmação da proatividade do corpo discente da pós-graduação em História e pela expectativa de que essa experiência seja positiva para minha formação acadêmica e para minha trajetória profissional e pessoal, na medida em que requer responsabilidade, dedicação e trabalho coletivo.

***

 

 

  1. Nome: Maria do Rosário Gomes da Silva

Linha de pesquisa: História e Culturas Políticas

Doutoranda

Ano de ingresso: 2018

Minha candidatura é motivada pelo desejo de contribuir com a continuidade e excelência da revista Temporalidades, pois acredito que este tipo de iniciativa do corpo discente é de fundamental importância tanto para a visibilidade das pesquisas desenvolvidas em  nosso departamento, quanto para a manutenção de um espaço reflexivo no qual os alunos  ocupem uma posição autônoma e ativa. Tenho experiência como orientadora de TCC’s de graduação, revisora de artigos de graduandos e parecerista em bancas de monografia.

 

====================================================

 

Ciência e Cultura na História

 

  1. Nome: Stéfany Sidô Ventura

Linha:  Ciência e cultura na História

Nível: Doutorado

Ingresso: 2018

Motivação/Experiência: Durante minha formação em Ciências Sociais, fui do editoral do periódico Em Debate (pós DCP) por quase três anos. Portanto, tenho alguma familiaridade com os processos de composição, seleção e organização de periódico/revista.  Acabo de terminar meu mestrado na linha de História Social da Cultura (PPGHIS UFMG) e ingresso no doutorado na linha de Ciência e cultura na História. Ano passado fui convidada para ser parecerista da Revista Eletrônica do Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte. Enquanto estudante sempre participei  de atividades discentes e acredito que a oportunidade de estar na  Revista Temporalidades será de extrema importância para minha formação e com isto, também espero colaborar com a estruturação e organização da revista.   

***

 

 

  1. Nome: Robson Freitas de Miranda Junior

Linha: Ciência e Cultura na História 

Ingresso: 2017

Motivação: espero poder contribuir com mais essa iniciativa dos discentes de nosso departamento e dar continuidade ao ótimo trabalho que a Temporalidades tem realizado. Esse é mais um espaço de conquista nosso e gostaria, portanto, de participar ativamente dele. Já participei da comissão do Ephis em 2016 e gostaria de estender minhas contribuições agora a Revista.

 

***

 

 

  1. Nome: Hélia Costa Morais

Linha: Ciência e Cultura na História

Nível: Doutorado

Ingresso: 2018

Motivação/Experiência: Durante a minha graduação em História eu trabalhei por 2 anos em um projeto de extensão na editora Coleção Mossoroense, primeiramente no processo de catalogação do seu acervo (cerca de 50 mil livros distribuídos em 4.500 títulos publicados) e posteriormente na confecção de um catálogo temático para distribuição nas bibliotecas do país. Tal experiência me possibilitou o contato com o processo de seleção, organização e edição em geral. Portanto, é um meio que me interessa e que se faz profícuo a trocas mútuas que certamente são positivas à formação acadêmica.

 

***

 

 

  1. Nome: Cesar Leonardo Van Kan Saad.

Linha de pesquisa: Ciência e Cultura na História

Doutorando

Ano de ingresso: 2018

A motivação que me levou à candidatura deve-se ao cumprimento de uma responsabilidade frente a afazeres discentes junto ao programa. Como bolsista me sinto compelido a propor minha candidatura como um esforço individual, e ao mesmo tempo coletivo, para que iniciativas desse tipo – no caso, da Revista Temporalidades - , continuem a ser parte integrante de uma realidade cada vez mais difícil nos programas de pós-graduação brasileiros. E é claro, devo dizer que a experiência que me proporcionará esse tipo de atividade inferirá em minha trajetória como um espaço de aprendizagem e amadurecimento profissional.  

 

=====================================================

 

História Social da Cultura

 

  1. Nome: Thayná Cavalcanti Peixoto 

Linha: História Social da Cultura

Nível: Doutorado

Ingresso: 2018

Motivação/Experiência: Ano passado compus a Comissão de organização do evento, do caderno de Programação e a equipe de editoração do Caderno de Resumos do IX Congresso Brasileiro de História da Educação (CBHE). Dessa forma, acredito que ingressar a comissão editorial da Revista Temporalidades seria uma ótima oportunidade para que eu possa, primeiramente, aprender e, consequentemente, aprimorar habilidades voltadas ao universo da editoração, temática essa que muito me interessa, tendo em vista que desde o Mestrado estudo as práticas de edição de jornais do século XIX.  Assim, visando ampliar minha experiência acadêmica, por meio do válido intercâmbio de ideias consequentes do trabalho coletivo, é que estou disposta a aprender e contribuir para a contínua estruturação da revista.

 

***

 

 

  1. Nome: Gabriel Felipe Silva Bem

Linha de pesquisa: História Social da Cultura

Aluno do Mestrado

Ano em que ingressou no Programa: 2018

Motivação e/ou breve apresentação do perfil acadêmico/profissional: Minha motivação é em contribuir para a Revista e para o Programa de forma que ambos possam seguir a tradição da participação discente ativa. Além disto, gostaria do espaço na Comissão para desenvolver e aprender em uma posição que tenho pouca experiência. Durante a graduação fiz estágio na ALMG, onde realizei pesquisas para a memória institucional e fui monitor no Memorial, atualmente faço parte do Grupo de Estudos Africanos e Pós-Coloniais.

 

***

  1. Nome: Natalia Casagrande Salvador

Linha de pesquisa: História Social da Cultura

Doutoranda

Ingresso: 2018

Motivação e/ou breve apresentação do perfil acadêmico/profissional: Ainda não tive a oportunidade de participar de uma comissão editorial de periódico, mas acredito que eu tenha características compatíveis com as exigências que a coordenação de uma revista requere. Tenho experiência em revisão de texto e faço uma leitura minuciosa. Me envolvo em atividades discentes desde a graduação quando fiz parte do CAHIS-UFOP e durante o mestrado participei da comissão de organização de um evento internacional, com publicação de anais. Por fim tenho facilidade para lidar com o público envolvido no processo de manutenção de um periódico, tanto pareceristas, como colegas e autores. 

Além de acrescentar muito em minha experiência acadêmica (e no currículo, porque também dependemos dele), acredito que a participação na revista Temporalidades seria uma oportunidade valiosíssima.

 

***

 

 

  1. Nome: Ariel Lucas Silva

Linha de pesquisa: HISTÓRIA SOCIAL DA CULTURA
Doutorando

Ano de ingresso: 2018

Me candidato a essa oportunidade com o objetivo de contribuir com as ações promovidas pelo corpo discente do programa, reconhecendo a importância da colaboração de todos nessas ações. Possuo experiência e formação na área de editorial. Sou graduado em Comunicação Social com habilitação em Produção Editorial. Possuo especialização latu sensu em Produção Editorial Impressa e Multimídia e fui produtor editorial na DUO Editorial, uma editora que tem como objetivo gerar, promover, pesquisar e disponibilizar publicações para o setor cultural. Essa editora tem como perspectiva promover discussões sobre o campo da cultura, transformando suas reflexões em publicações que serão disponibilizadas para o público em geral. Sua atuação está direcionada à divulgação de novos autores e estudiosos da área da cultura. Trabalhei como produtor editorial até 2011, quando me afastei para cursar o Mestrado em Cultura e Sociedade pela Universidade Federal da Bahia, em Salvador (BA). Poder compor a comissão da Revista Temporalidades contribuirá enormemente com minha formação na área da história, visto que venho da área da sociologia e da cultura, podendo assim, continuar o percurso de minha formação multidisciplinar e aberta ao intercâmbio e contribuições de diversas áreas. Atuar na Temporalidades me proporcionará uma experiência importante nesse sentido e a minha formação e experiência na área da comunicação e editorial pode contribuir com a proposta da revista. 

***

 

 

  1. Nome: Igor de Lima e Silva

Linha: História Social da Cultura

Nível: Doutorado

Ingresso: 2018

Motivação/Experiência: 

Não tenho experiência em comissão editorial. No entanto, tenho orientado trabalhos de graduação e pós-graduação lato-sensu, além de acompanhar alunos do Ensino Médio Técnico Integrado em Projetos de Pesquisa, Monitoria e Estágio. Atividades que exigem a leitura de diferentes temáticas e a colaboração com indicações bibliográficas e também na revisão dos textos, tanto no conteúdo como nas normas. Assim, me coloco a disposição para somar com a equipe da Temporalidades!


------------------- NOTÍCIA DE 12/03/2017 ------------------------

As inscrições dos novos integrantes da Comissão, no caso específico daqueles a serem eleitos pelo conjunto dos alunos da Pós-graduação em História da UFMG, será realizada através do grupo de e-mails Pós-Graduação História UFMG.
 
As candidaturas poderão ser feitas entre os dias 13 e 22 de março de 2018. As eleições ocorrerão entre os dias 23 de março e 03 de abril do mesmo ano. Ressaltamos que o prazo entre 13 e 22 de março destina-se APENAS à apresentação de nomes de candidatos, e NÃO para a votação, que ocorrerá entre os dias 23 de março e 03 de abril de 2018.

Votos expressos fora do período e do tópico de votação NÃO serão computados.
Os procedimentos para a renovação da Comissão Editorial seguem as normas expressas no Regimento da Revista Temporalidades, que consta em nosso site. Pedimos que todos LEIAM o texto, em especial os alunos que desejam se candidatar.

 LEIAM O EDITAL COMPLETO:

https://drive.google.com/file/d/1SsxRD2LTAIxbeTSU4FnAE9rVscFAZSor/view