EDUCAÇÃO E TRABALHO NO CAPITALISMO CONTEMPORÂNEO

Marisa Ribeiro Teixeira Duarte

Resumo


A reflexão contemporãnea sobre a democracia aponta algumas das armadilhas políticas presentes nos debates sobre a relação entre Estado e Mercado e critica algumas concepções por serem incapazes de dar conta da democracia como um poder apto a afetar a hegemonia do capital. Tanto posições ideologicamente críticas do Estado capitalísta, quanto aquelas ligadas às concepções neoliberais apontam para a crise do Estado moderno. Resultante do crescimento e exorbitância da intervenção estatal e/ou da incapacidade de regulação do atores econômicos fundamentais, a noção de crise para estas posições importa na inexorabilidade dos efeitos políticos sociais da reestruturação econômica.

Palavras-chave


Educação; Trabalho; Capitalismo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


BBE – Bibliografia Brasileira de Educação / CIBEC/INEP / MEC

DIADORIM/IBICT – Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras

SEER/IBICT – Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas

SUMÁRIOS.ORG – Sumários de Revistas Brasileiras

EZB – Elektronische Zeitschriftenbibliothek / Alemanha

IRESIE – Índice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (Instituto de Investigaciones sobre la Universidad y la Educación / Universidad Nacional Autónoma de México)

LATINDEX (UNAM) – Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, El Caribe, España y Portugal

OEI – Organización de Estados Iberoamericanos para la Educación, la Ciencia y la Cultura