PROJETOS EM DISPUTA: EMPRESÁRIOS TRABALHADORES, TRABALHADORES E FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Neise Deluiz

Resumo


Os anos 90 presenciam a ocupação do espaço público por atores sociais providos de interesses próprios- trabalhadores e empresários -, em torno das políticas de formação profissional. Entretanto, os motivos dos atores não são suficientes para explicar as ações e os resultados destas, tornando-se necessário contextualizar os processos de natureza social e política que fundamentam a dinâmica dos interesses em jogo.Trata-se, portanto, de compreender a materialidade das relações sociais capitalistas no Brasil nas últimas décadas e o processo de construção de atores sociais que se reconhecem como interlocutores legítimos e que, no âmbito da esfera pública, disputam a hegemonia de projetos educacionais,articulando as concepções, processos, conteúdos educativos, administração/gestão de recursos e financiamento da formação profissional, aos respectivos interesses de classe.


Palavras-chave


Políticas Públicas; Formação Profissional; Trabalhadores

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


BBE – Bibliografia Brasileira de Educação / CIBEC/INEP / MEC

DIADORIM/IBICT – Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras

SEER/IBICT – Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas

SUMÁRIOS.ORG – Sumários de Revistas Brasileiras

EZB – Elektronische Zeitschriftenbibliothek / Alemanha

IRESIE – Índice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (Instituto de Investigaciones sobre la Universidad y la Educación / Universidad Nacional Autónoma de México)

LATINDEX (UNAM) – Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, El Caribe, España y Portugal

OEI – Organización de Estados Iberoamericanos para la Educación, la Ciencia y la Cultura