TEMPOS ENREDADOS: TEIAS DA CONDIÇÃO PROFESSOR

Inês Assunção de Castro Teixeira

Resumo


O trabalho analisa a experiência do tempo na vida dos professores, focalizando os segmentos da quintaà oitava séries do Ensino Fundamental e Médio. Mediante o pressuposto de que o tempo é umaconstrução histórico-social, parte dos sistemas simbólicos das sociedades, constituídos em longas cadeias de gerações e agenciamentos humanos, o estudo investiga as processualidades de sua construção social na vida desse grupo. Entendendo que a moderna experiência do tempo é um "trabalho" dos atores sociais na articulação de diferentes temporalidades e lógicas, a pesquisa desenvolve o argumento de que, na condição professor, a experiência temporal costura-se em fina trama, dada sua peculiar configuração. É uma experiência singular, que engendra modos de ser e de habitar o mundo, identidades sociais e histórias.

Palavras-chave


Tempo; Trabalho docente; Formação profissional

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


BBE – Bibliografia Brasileira de Educação / CIBEC/INEP / MEC

DIADORIM/IBICT – Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras

SEER/IBICT – Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas

SUMÁRIOS.ORG – Sumários de Revistas Brasileiras

EZB – Elektronische Zeitschriftenbibliothek / Alemanha

IRESIE – Índice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (Instituto de Investigaciones sobre la Universidad y la Educación / Universidad Nacional Autónoma de México)

LATINDEX (UNAM) – Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, El Caribe, España y Portugal

OEI – Organización de Estados Iberoamericanos para la Educación, la Ciencia y la Cultura