FATORES DE INTENSIFICAÇÃO DO TRABALHO DOCENTE NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL / Factors of intensification of teachers’ work in the early years of elementary school

Ana Silvia Jacques, Márcia Souza Hobold

Resumo


Este artigo visa apresentar os fatores de intensificação do trabalho docente, resultado de uma pesquisa realizada na Rede Municipal de Ensino de Joinville (SC), sobre as condições de trabalho docente nos anos iniciais do ensino fundamental. A finalidade é identificar os fatores que intensificam e os aspectos que favorecem o trabalho docente, considerando a carga e a jornada de trabalho. A pesquisa de abordagem qualitativa articulou-se ao método survey e a análise baseou-se nas respostas de 170 professores a um questionário. As questões analisadas envolveram o perfil do professor e a relação com a profissão, com destaque às condições objetivas e subjetivas de trabalho. Fundamentaram teoricamente os resultados González Arroyo (2007), Duarte (2010), Frigotto (2002), Oliveira (2004), Tardif e Lessard (2011), entre outros. Constatou-se que a sobrecarga de trabalho é desencadeada pela própria exigência que o professor faz para si, diante das diversas responsabilidades atribuídas aos docentes, os quais sinalizam o excesso de atividades que extrapolam a jornada escolar e apresentam ainda afirmativas sobre em que sentido tais aspectos contribuem para a intensificação do trabalho. Em contrapartida, na análise dos dados sobressaem de forma considerável as menções contrárias dos professores às expectativas de intensificação. Os indícios dessa interpretação concebem que os docentes não vivenciam a sobrecarga no trabalho de forma acentuada, o que implica a reflexão, discussão e investigação futura sobre os fatores que favorecem o exercício do magistério dos docentes participantes da pesquisa. 


Palavras-chave


Condições de trabalho docente; Intensificação do trabalho; Anos iniciais do ensino fundamental.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexação:

                       

 

BBE – Bibliografia Brasileira de Educação / CIBEC/INEP / MEC

DIADORIM/IBICT – Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras

SEER/IBICT – Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas

SUMÁRIOS.ORG – Sumários de Revistas Brasileiras

EZB – Elektronische Zeitschriftenbibliothek / Alemanha

IRESIE – Índice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (Instituto de Investigaciones sobre la Universidad y la Educación / Universidad Nacional Autónoma de México)

LATINDEX (UNAM) – Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, El Caribe, España y Portugal

OEI – Organización de Estados Iberoamericanos para la Educación, la Ciencia y la Cultura